[A vida como ela é] Aquela simpática senhora!



Baixar 2,07 Mb.
Página274/354
Encontro29.11.2019
Tamanho2,07 Mb.
1   ...   270   271   272   273   274   275   276   277   ...   354
Estou “puto” da vida!

Para a felicidade dos que me detestam, eu confesso que estou “puto” da vida com as enxurradas de má sorte que recaem sobre mim nos dias atuais. São infortúnios demais e ainda por cima, aquela simpática senhora que foi merecedora dos versos meus, até ela se acha no direito de me chatear. Isso não! Eu não esperava este tratamento dela.

A vida é um constante aprendizado e eu bem sei que ela nos convida ao bem e ao mal, mas o mal tem sido meu consorte indesejado e o bem tem se distanciado de mim já faz tempo. Tenho vivido uma trajetória de perdas enormes na minha vida e devo me consolar com o infeliz ditado que diz: “só perde quem tem”. É óbvio que se eu não tivesse, eu não perderia.

Mas quem gosta de perder algo? Por isso eu tenho encarado as perdas como a conquista de novas derrotas. Eu sempre digo que ganhei mais uma decepção e assim vou colecionando desprazeres. A mulher que eu amo parece que não se dá conta de que eu sou assim mesmo e que não vou mudar o meu modo de ser em razão do amor que eu lhe devoto. Eu amo elogiar as pessoas e isso me faz muito bem; todavia, não quer dizer que eu morro de paixão por toda mulher que passa por mim.

Uma mulher fumante, ainda que seja a Gisele Bündchen, jamais teria chance comigo e se a mulher for dessas que não sabe cruzar a perna e que bebe como um gambá, pior ainda. Uma mulher que fala gritando e que diz palavrões aos quatro ventos também não teria chance alguma. Aquela mulher que perde o seu precioso tempo a falar mal de outras mulheres também estão descartadas. Uma brilhante mulher fala de ideias, uma mulher normal fala de coisas e uma mulher indesejável fala de outras mulheres. Isso é insuportável.

Eu estou “puto” da vida porque estas mulheres não conseguem ver num homem as qualidades imprescindíveis para que elas possam se enamorar deles. Ainda penso que os “cafajestes” continuam em alta e que as mulheres não gostam mesmo de homens finos, educados e inteligentes. Elas preferem aqueles que cheiram à “merda de cavalo, tabaco e cachaça”. Isso me deixa muito irritado e me faz pensar que mulher fina, chique, inteligente, brilhante e fascinante nem exista mais. Pronto! Falei e desabafei! Estou mais tranquilo e menos puto depois de lançar aqui nesta página o meu grito de inconformismo. Sejam mais seletivas e amem mais vocês mesmas, minhas sempre amadas e lindas meninas mulheres! E está dito!




Compartilhe com seus amigos:
1   ...   270   271   272   273   274   275   276   277   ...   354


©psicod.org 2019
enviar mensagem

    Página principal