[A vida como ela é] Aquela simpática senhora!


Tu viverás o grande amor que eu também, viver, espero!



Baixar 2,07 Mb.
Página272/354
Encontro29.11.2019
Tamanho2,07 Mb.
1   ...   268   269   270   271   272   273   274   275   ...   354
Tu viverás o grande amor que eu também, viver, espero!

Aquele amor dos romances a ti pertence

E agora não chores mais e pense;

O amor não necessita de definição

Ele precisa ser praticado com desejo e emoção!

Não te sintas jamais desgraçada

Por nunca ter te permitido ser amada;

O amor é a direção nesta tua longa estrada,

Pois a tua juventude ainda é caminhada e não chegada!

O futebol e coisas de “manés”!

Nada contra quem vai torcer pela Seleção Brasileira de Futebol, mas eu não irei; prefiro a Bósnia. Todavia, eu vou torcer sempre pelo meu amado Brasil para que um dia possa ser a minha “pátria mãe gentil”, pois até agora tem se mostrado uma madrasta vil. A minha mãe certamente não me trataria assim como estou sendo tratado pela “minha mãe gentil” e tantos outros irmãos meus.

Por favor, não me condenem por não ostentar o verde e amarelo. Aliás, até ostento na pintura verde limão das minhas casas aqui em Maracaí. Entretanto, jamais coloquei uma camisa de futebol e menos ainda qualquer propaganda que me faça lembrar times de futebol ou seleções. Camisas de jogador de futebol e bonés são para mim coisas de “Mané”.

Eu não tenho vontade alguma de estampar propagandas de quem quer que seja nas minhas vestimentas e em meu veículo. O único adesivo que eu permito colocar em meu veículo é a indicação da troca de óleo; aliás, nem precisaria porque eu tenho uma caderneta própria para este tipo de anotação. Eu sou virginiano e extremamente perfeccionista e nada escapa do meu olhar e da minha companheira inseparável; a minha caneta.

Eu deixo para os “manés” a tarefa imbecil e medíocre de conduzir a bandeira brasileira nos seus automóveis e de fazerem propaganda gratuita dos milionários jogadores da seleção brasileira. Bajular pessoas que nem me conhecem e que nunca vão me conhecer ou me agregar valores, isso não me interessa. Eu sou assim e se você, meu caro leitor, discorda das minhas atitudes eu ficarei muito grato com sua aversão ao meu comportamento singular. “Pra ser popular é necessário ser medíocre” (...). Eu prefiro a minha insignificância a ter que ser enquadrado no rol seleto dos medíocres que vão delirar a cada gol do Fred ou do Neymar.

Enquanto milhares de “manés” ficarão defrontes à TV, eu farei como sempre fiz e sairei pelas ruas desertas a contemplar o belo que ainda há na minha cidade. Vou atravessá-la e curtir a paisagem à margem da rodovia como sempre faço em dias de “hipocrisia”. Talvez eu assista à estreia da Bósnia e torça por uma vitória desta seleção contra a Argentina no próximo dia 15 de junho. Saudações aos “manés” e viva a Croácia! E está dito!




Compartilhe com seus amigos:
1   ...   268   269   270   271   272   273   274   275   ...   354


©psicod.org 2019
enviar mensagem

    Página principal