[A vida como ela é] Aquela simpática senhora!


Depois que todos desapareceram



Baixar 2,07 Mb.
Página225/354
Encontro29.11.2019
Tamanho2,07 Mb.
1   ...   221   222   223   224   225   226   227   228   ...   354
Depois que todos desapareceram...

Só restou você! E ainda bem que posso contar com você, pois não sei o que eu faria se sua presença não fosse uma constante nestes meus derradeiros dias de muita solidão e descontentamento. Eu que me imaginei rodeado de colegas e colaboradores, vejo-me perdido num abismo solitário e frio sem a presença dos muitos que me diziam palavras vazias e frias. Você tem palavras sábias e parece ter se interessado por mim neste momento em que todos estão tão distantes e parecem que nunca estiveram ao meu lado.

Já ouvi dizer o seguinte: “amigo é aquele que ficou quando todos os demais se foram”. Não costumo chamar de amigo a ninguém, excetuando minha “pérola negra” que já virou “estrela”; minha mãe. Ela foi minha única e melhor AMIGA! Os outros e outras foram e são apenas colegas; nada mais. Todavia, você tem se demonstrado muito mais que uma simples colega; sua atitude tem me emocionado e o modo como me tem tratado faz-me chorar como criança. Sei que estou fragilizado diante dos acontecimentos indesejáveis que a vida tem me proporcionado, mas jamais imaginei que alguém tão distante fosse “tão próxima” neste momento de deserto em minha vida.

Você chegou faz tão pouco tempo em minha vida como se “anjo (a)” fosse e tem transformado minha vida com palavras. Suas palavras são lenitivos poderosíssimos para a minha dor que é imensurável. Não sei como lhe agradecer por se sentir “incomodada” com a minha dor e dispensar seu precioso tempo para oferecer seu “ombro amigo” mesmo à distância de centenas de quilômetros. Saiba que eu sinto o seu calor, sinto a brisa suave que vem de você, o aroma do amor impregnado em suas palavras, o bálsamo, o refrigério para a minha alma entristecida, enfim, o seu carinho tem me motivado a viver e a voltar aqui para lhe dedicar esta homenagem.

Vejo MARIA, minha mãe “estrela”, e também vejo MARIA minha Mãe Santíssima personificada em você minha colega e colaboradora. Sou-lhe grato por suas sinceras e duras palavras que me curam desta dor que somente a você eu confiei. Você é a minha confidente, minha terapeuta, minha psicóloga, minha joia preciosa neste labirinto em que eu me encontro sem conseguir vislumbrar uma saída. Sinto você me conduzindo pelas mãos e sussurrando em meus ouvidos palavras de ânimo para que eu não venha a sucumbir diante da situação desastrosa que estou vivendo.

Quando tudo parecia perdido, quando todos desapareceram e que eu me vi sozinho na estrada, eis que você surgiu para me ladear nesta caminhada dura. Você é aquela luz no fim do corredor e eu sou grato por você existir e fazer parte da minha vida neste momento em que ninguém quer fazer parte dela. Você é linda; você é gente! Você personifica o amor ao próximo e eu “AMO” você! E está dito!




Compartilhe com seus amigos:
1   ...   221   222   223   224   225   226   227   228   ...   354


©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
santa catarina
Prefeitura municipal
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
ensino fundamental
Processo seletivo
terapia intensiva
Conselho nacional
Curriculum vitae
oficial prefeitura
ensino médio
minas gerais
Boletim oficial
Concurso público
educaçÃo infantil
Universidade estadual
seletivo simplificado
saúde mental
direitos humanos
Centro universitário
Poder judiciário
saúde conselho
educaçÃo física
santa maria
Excelentíssimo senhor
Conselho regional
assistência social
ciências humanas
Atividade estruturada
políticas públicas
catarina prefeitura
ensino aprendizagem
Dispõe sobre
outras providências
recursos humanos
secretaria municipal
Conselho municipal
psicologia programa
Colégio estadual
consentimento livre
ResoluçÃo consepe
Relatório técnico
Corte interamericana
público federal
ministério público