[A vida como ela é] Aquela simpática senhora!



Baixar 2,07 Mb.
Página222/354
Encontro29.11.2019
Tamanho2,07 Mb.
1   ...   218   219   220   221   222   223   224   225   ...   354
Aquele fogo que ardia!

Aquele fogo que outrora ardia em mim, agora se esfria! E assim é necessário para que um novo homem possa renascer sem se deixar consumir pela chama do amor unilateral. Somente eu amei e o meu fogo do amor não foi suficiente para despertar nela o calor. Ela não alimentava a chama intensa do meu amor e por isso ele se apagou e tudo entre nós se esfriou.

Foi preciso um tratamento de choque para que eu pudesse despertar para a realidade insana e cruel desta vida bandida que nos alimenta com fantasias medíocres que mascaram a realidade e nos faz eternos sonhadores; pobres mortais acreditando na existência de “amores”. Aprendi que o amor é único, que é mesmo uma estrada de mão única, pois não devemos esperar sermos amados por ninguém e sim, tão somente, “amar o próximo”. Eis o mais precioso de todos os ensinamentos.

Começa neste instante a renascer um novo homem não descrente no amor, mas descrente no ser humano, apesar de existir gente com qualidades e virtudes mil e que são capazes de demonstrarem através das suas atitudes o carinho e respeito que têm pelos seus semelhantes a ponto de lhes mostrar a verdadeira e crua realidade, fazendo com que eles acordem para a vida e não se deixem seduzir pelos encantos e ardis das paixões avassaladoras.

Ah! Como sou grato por ter sido acordado a tempo do sono profundo em que eu me encontrava sonhando com a possibilidade de ser amado, quando na verdade somente eu amava. Quanta ingenuidade da minha parte em querer viver uma fantasia, uma ilusão, uma situação que só me causava desconforto. Eu não devia ter amado tanto assim alguém que nunca me amou e certamente, por mim, nunca chorou tanto quanto eu chorei por ela. As lágrimas secaram e dos meus olhos não mais verterão lágrima sequer por qualquer mulher; isso não quer dizer que vou amar um homem ou chorar por um homem, fora de cogitação porque eu sou “macho”. Não derramarei lágrimas em vão por mais ninguém; talvez a morte de alguém especial possa me arrancar algumas lágrimas.

Amor é fogo que arde sem se ver” (Camões)! E de fato eu não via amor por parte dela e somente a dor do fogo do meu amor a me consumir. Um novo ano se inicia e um novo homem está em gestação para o renascimento em 2014; mais algumas poucas horas e aquele velho homem que se dizia “súdito fiel” daquela “Rainha” ingrata não mais existirá. Eu serei “Rei” absoluto dos meus sentimentos. E está dito!






Compartilhe com seus amigos:
1   ...   218   219   220   221   222   223   224   225   ...   354


©psicod.org 2019
enviar mensagem

    Página principal