[A vida como ela é] Aquela simpática senhora!



Baixar 2,07 Mb.
Página215/354
Encontro29.11.2019
Tamanho2,07 Mb.
1   ...   211   212   213   214   215   216   217   218   ...   354
A mala do mala!

Eu sou “mala” e já estou de mala pronta novamente, pois viajar é preciso! Vou ao encontro dela que me espera ansiosamente para mostrar-me seu volumoso ventre que abriga a nossa pequena Marianne. São meses que nos separam em virtude dos nossos compromissos muitos e da nossa “falta de tempo” para juntos cantarmos canções de ninar para a nossa pequena.

Marianne virá, provavelmente, na última semana de março ou no máximo até a primeira semana de abril. Tudo já está programado para o acolhimento desta “flor menina lyonnaise” que terá dupla nacionalidade: francesa e brasileira. Lyon será o berço acolhedor da minha “menininha” e juntos, Madeleine e eu, viajaremos à França no início de março.

Por enquanto a viagem é mais curta até São Paulo para agendarmos tudo antes do voo que nos conduzirá à cidade luz; Paris. Depois, viajaremos até Lyon (Departamento de Ródano) e lá permaneceremos até que Marianne se decida a eclodir como uma bela “flor menina” para enfeitar os jardins de nossas vidas; o de Madeleine e o meu.

Sinto-me menino aos cinquenta anos e é como se eu fosse ser “pai de primeira viagem”, pois o entusiasmo por receber Marianne toma conta de mim de uma maneira muito mais encantadora de quando eu tive meu primeiro e único filho, até então, aos vinte e cinco anos de idade. Já sou avô de um garotinho que completará um ano dia quatro de janeiro e estou programando uma festinha especial para o meu neto no âmbito familiar, mas estou mesmo feliz por saber que minha Marianne será mais novinha que o meu neto. Exatamente, um ano e três meses!

Minha doce e meiga Madeleine, menina ainda aos trinta anos, pediatra, filha de funcionários da Diplomacia Estrangeira no Brasil, excelente filha e companheira que me escolheu para ser o pai de nossa princesinha e francesinha Marianne. Sinto-me tão honrado e agraciado com a escolha de Madeleine Sophie e confesso que jamais me imaginei merecedor do sorriso dela e digno de contemplar tão lindos olhos azuis como os seus. Isso sem contar a alegria de ter sido honrado com a entrega total dela para o meu deleite, podendo “viajar” e “passear” minhas mãos pelo seu corpo lindo de “menina mulher” tão cheio de atributos e curvas perfeitas. O contraste da sua pele alva com a minha cor morena, certamente refletirá na beleza marcante da nossa pequena Marianne.

Ah! Não vejo a hora de estar ao seu lado, minha linda, encantadora e sedutora Madeleine, para poder beijar nossa pequena ainda no seu ventre e juntos cantarmos a ela “Douce Nuit”! Eis que o meu maior presente é estar ao lado das minhas princesas francesas. Attends-moi, Madeleine! À bientôt! E está dito!




Compartilhe com seus amigos:
1   ...   211   212   213   214   215   216   217   218   ...   354


©psicod.org 2019
enviar mensagem

    Página principal