[A vida como ela é] Aquela simpática senhora!


As virtudes da minha Cidinha!



Baixar 1.11 Mb.
Página165/354
Encontro29.11.2019
Tamanho1.11 Mb.
1   ...   161   162   163   164   165   166   167   168   ...   354
As virtudes da minha Cidinha!

Entre tantas mulheres lindas e sedutoras, a minha tem as virtudes mais encantadoras. Ela é sempre companheira e tem me amado muito mais do que eu mereço. Pra ela não tem tempo ruim e ao meu lado já enfrentou fortes batalhas.

O que mais amo na minha mulher é a sua aparente tranquilidade, pois há momentos em que ela também perde a sua paciência. Mas de modo geral ela é muito calma e me passa esta paz que há nela.

Ela não me cobra nada e me permite voar com autonomia sem se incomodar comigo demonstrando ciúmes incontroláveis e ridículos. Quando ela está disposta, até me acompanha nos bailes da vida, mas quase sempre me deixa ir sozinho e sem recomendações porque conhece o marido que tem. Ela é muito compreensiva e companheira.

Outra qualidade que muito admiro é a sua “quase neurose” por limpeza. Ela se dedica muito a mim e ao nosso filho, tanto que nunca senti cheiro desagradável em nosso lar, mas muito pelo contrário. A minha Cidinha não deixa a cozinha do jantar pra ser arrumada no dia seguinte. Ela é uma mulher de garra e sempre disposta.

O amor que ela tem pelos animais e por crianças é surpreendente. Lembro-me de nossos vários gatinhos (e mesmo deste atual) que chegaram a nossa porta todos estropiados e foram cuidados por ela com muito carinho.

A minha Cidinha não é muito prendada na cozinha, mas cozinha bem. Também não é muito ligada às letras e por isso não se importa com meus escritos e dificilmente os lê. Todavia, volta e meia ela quer saber o que estou a escrever. Sempre ri das minhas “loucuras” e não consegue ver prazer em algo tão “insignificante” para ela. Também rio dela quando ela assim se refere aos meus textos.

Por fim, se ela fosse outra, talvez não estivéssemos tantos anos juntos. A minha Cidinha é a minha tampa e eu sou o caldeirão dela. As nossas diferenças se completam. E é por isso que eu a amo do jeitinho que ela é, e estou certo de que viveremos por longos anos juntos se nos for permitido pelo Bom Deus!

Mulher 171!

Aproximou-se de mim toda faceira e educada, exibindo seu vocabulário refinado e rebuscado, certamente me considerando mais um “idiota” a cair em sua lábia. Mas eu sou “macaco velho” e não pulo em galho seco. Todavia, confesso que se eu não fosse um “cara” vivido, ela certamente me ludibriaria.

Chegou perguntando se eu não me incomodaria se ela se sentasse em minha mesa, haja vista a falta de lugares naquele estabelecimento e eu ocupando, sozinho, uma mesa com quatro cadeiras. De imediato perguntou se eu tinha isqueiro, ao que respondi não fumar e que muito me incomodava a fumaça do cigarro. Diante de tal resposta, a “madame” resistiu e não fumou; guardou o cigarro na carteira.



Baixar 1.11 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   161   162   163   164   165   166   167   168   ...   354




©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
Processo seletivo
ensino fundamental
ensino médio
terapia intensiva
Conselho nacional
minas gerais
oficial prefeitura
Curriculum vitae
Boletim oficial
seletivo simplificado
Concurso público
Universidade estadual
saúde mental
educaçÃo infantil
direitos humanos
Centro universitário
educaçÃo física
Poder judiciário
saúde conselho
santa maria
assistência social
Excelentíssimo senhor
Atividade estruturada
Conselho regional
ensino aprendizagem
ciências humanas
políticas públicas
ResoluçÃo consepe
outras providências
secretaria municipal
catarina prefeitura
recursos humanos
Dispõe sobre
Conselho municipal
Colégio estadual
consentimento livre
psicologia programa
ministério público
conselho estadual
público federal
Serviço público