[A vida como ela é] Aquela simpática senhora!


*“Branco”! Meu grande amigo!*



Baixar 2,07 Mb.
Página117/354
Encontro29.11.2019
Tamanho2,07 Mb.
1   ...   113   114   115   116   117   118   119   120   ...   354
*“Branco”! Meu grande amigo!*

Loucuras de amor!

Quem nunca fez? Quem não tem uma pra contar? Eu tenho várias, desde dizer a uma mulher na frente do marido dela que eu a amava, até me atolar no barro com carro emprestado para ir ao sítio ver uma antiga “cobiçada” minha. E foi um dia hilário e atípico, pois se eu disser que choveu só em cima de mim naquele dia, os leitores não vão acreditar.

Que merda! Choveu só na minha cabeça, pois uns 500 metros antes e depois, não choveu nada. Fiquei atolado com o corcel II do “Antônio do Saturnino” lá na água do Douradinho. E eu fui lá pra ver a minha “amada”. Ela sabia do meu amor por ela, mas nunca me deu bola; Lúcia Seródio é o nome dela. De uma família que tem fama de ser valente. Até hoje eu conto esta história pro Pedro, irmão dela, e a gente se arrebenta de rir.

E quantas vezes eu fiquei esperando a Neusinha sair da escola só pra vê-la passar. Isso porque antes eu já estava esperando por ela na ida com um “chokito” na mão. Gastava todo o meu dinheiro suado que ganhava como servente de pedreiro para comprar chocolate pra quem não me dava bola.

Como fui burro! Idiota, imbecil, “derrrrr” – com socos na cabeça. O amor nos deixa bobos, tira-nos a razão.




Compartilhe com seus amigos:
1   ...   113   114   115   116   117   118   119   120   ...   354


©psicod.org 2019
enviar mensagem

    Página principal