[A vida como ela é] Aquela simpática senhora!



Baixar 2,07 Mb.
Página115/354
Encontro29.11.2019
Tamanho2,07 Mb.
1   ...   111   112   113   114   115   116   117   118   ...   354
Amor no Mercado...

Trabalhei num mercado quando era mais jovem; logo que saí do seminário. Tive muita sorte de encontrar bons patrões que me tratavam muito bem e com muito respeito em todos os sentidos.

O saudoso Ademir Firmino Paiva, que foi assassinado pelo amante de sua esposa - e seu empregado do sítio - era o dono do mercado, mas era seu irmão quem tomava conta na maior parte do tempo porque a lavoura tomava muito tempo do seu “Demir” que lá ficava com seu empregado “Joaquinzinho” que mais tarde lhe mataria de maneira cruel e covarde só por causa de um par de coxas maravilhoso da “safada” da Dona Sueli que eu sempre cobicei também. A vadia era gostosa pra cacete!

O assassinato do seu “Demir” abalou a cidade e bem a pouco tempo morreu um dos envolvidos neste homicídio e até mereceu uma crônica minha intitulada “A morte do Saci”, pois esta era a alcunha do primo do “Joaquinzinho” que participou deste bárbaro crime. Pobre patrão! Eu gostava dele e também do Adair Firmino Paiva, seu irmão, com quem eu passava a maior parte do tempo lá no Mercadinho Paiva; digo, aqui em minha cidade!

O Adair que todos conheciam como “Branco” era muito mulherengo. Era assediado por muitas, mas sempre foi admirado também pelas pessoas das mais diversas idades, do bebê ao ancião. Ele era muito educado e simpático, muito honesto e trabalhador e ainda muito mais amigo que patrão. É bem verdade que era limitado culturalmente e por isso recorria a mim se a “matemática” das compras fosse complicada. Naquele tempo era tudo no lápis; calma, pois não sou tão velho assim.

O que o “Branco” tinha de amizades era “coisa de louco”. Todos gostavam dele porque ele era muito bom e ajudava muita gente. E o que dizer então da mulherada! Essas brigavam por causa dele.

Ele era lindo e ainda é porque não morreu, mas mudou-se daqui tão logo assassinaram seu irmão. Mas ele era lindo mesmo! Ele era branco, olhos azuis, corpo bem definido, exímio lutador de Karatê, jogava futebol (não era um craque), etc.




Compartilhe com seus amigos:
1   ...   111   112   113   114   115   116   117   118   ...   354


©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
santa catarina
Prefeitura municipal
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
ensino fundamental
Processo seletivo
terapia intensiva
Conselho nacional
Curriculum vitae
oficial prefeitura
ensino médio
minas gerais
Boletim oficial
Concurso público
educaçÃo infantil
Universidade estadual
seletivo simplificado
saúde mental
direitos humanos
Centro universitário
Poder judiciário
saúde conselho
educaçÃo física
santa maria
Excelentíssimo senhor
Conselho regional
assistência social
ciências humanas
Atividade estruturada
políticas públicas
catarina prefeitura
ensino aprendizagem
Dispõe sobre
outras providências
recursos humanos
secretaria municipal
Conselho municipal
psicologia programa
Colégio estadual
consentimento livre
ResoluçÃo consepe
Relatório técnico
Corte interamericana
público federal
ministério público