[A vida como ela é] Aquela simpática senhora!


Os homens que elas preferem!



Baixar 2,07 Mb.
Página10/354
Encontro29.11.2019
Tamanho2,07 Mb.
1   ...   6   7   8   9   10   11   12   13   ...   354
Os homens que elas preferem!

Estou certo de que direi algumas asneiras a respeito das preferências femininas, mas aqui eu relatarei as observações que eu fiz de maneira aleatória durante a minha vida até então. Eu não vivi exclusivamente para ficar observando o comportamento feminino em relação ao sexo forte, mas vi situações parecidas se repetirem com muitas mulheres e das suas pretensões em relação aos homens que elas escolhem como maridos.

Por eu ser policial, percebia a paixão desmedida de muitas mulheres “imbecilizadas” que se deixavam levar pela beleza da farda e se engraçavam com a pior classe de homens que elas possam imaginar. É claro que nem todas as polícias usam fardas e as esposas de militares e similares que lerem esta crônica vão me dizer “preconceituoso” ao extremo e até ficaram bravas comigo. Já estou até preparado para receber comentários que não vão me agradar. Mas eu digo isso com conhecimento de causa. Eu sou um desses e eu conheci vários colegas que se utilizavam da farda para seduzirem meninas estúpidas e ingênuas. Basta ver o grande número de militares que pagam pensão alimentícia para várias mulheres ao mesmo tempo e muitos outros que se recusam e vão preso no Presídio Militar Romão Gomes (PMRG), onde eu estive preso também, mas não por causa de não pagamento de pensão alimentícia.

Pior que se apaixonar loucamente por militares não há. Todavia, têm mulheres que se apaixonam por caminhoneiros e depois ficam meses longe dos maridos e precisam se completar com o encanador, o pedreiro, o padeiro, o eletricista e etc. E têm aquelas que, no interior, se apaixonam por sanfoneiros e vivem “dançando” literalmente longe desses boêmios mulherengos. Sem contar aquelas que adoram o cheiro de bosta de cavalo e cachaça e que se apaixonam por “peões de rodeio”; vai ter péssimo gosto assim na Bósnia!

Também vi aquelas que se apaixonam por cantores de bar como eu fui por algum tempo. Sim, eu beijei lindas bocas e agradeço ao Raul Seixas por isso; entre tantos bons cantores, elas sempre me pediam pra eu repetir “maluco beleza” a noite toda. Amores fugazes! Incrível mesmo foi assistir na prisão militar o casamento de um homicida, acusado de mais de quarenta assassinatos e com anos de prisão a perder de vista, ele tinha “bruxismo”, calçava 44, parecia o Frankenstein e ainda teve como esposa uma linda mulher responsável pela firma que ele trabalhava na prisão militar. É inacreditável. Paro por aqui, volto n’outra ocasião, pois tem muito mais. E está dito!




Compartilhe com seus amigos:
1   ...   6   7   8   9   10   11   12   13   ...   354


©psicod.org 2019
enviar mensagem

    Página principal