A psicologia aplicada no Brasil, segundo zanelli (1994), começou com a psicologia aplicada ao trabalho, através da criação de cursos e Instituições e da publicação de textos importantes



Baixar 111,39 Kb.
Página15/16
Encontro04.03.2018
Tamanho111,39 Kb.
1   ...   8   9   10   11   12   13   14   15   16
REFERÊNCIAS

ANTUNES, R. Adeus ao Trabalho? Ensaios sobre as metamorfoses do mundo do Trabalho. 5.ed. São Paulo: Cortez; Campinas, SP: Ed. Unicamp, 1998.

BASTOS, A . V. B. ; GALVÃO - MARTINS, A . H. C. A formação do Psicólogo organizacional – reflexões a partir do caso baiano. Psicologia: Teoria e Pesquisa, Brasília, 1987, vol. 03, n.º 3, p. 206-223.

________, A . V. B. ; GALVÃO -MARTINS, A . H. C. O que pode fazer o Psicólogo Organizacional. Em, Psicologia: Ciência e Profissão. Brasília: CFP, 1990, nº 1/90, pag 10-18

________, A . V. B. A Psicologia no contexto das organizações - tendências inovadoras no espaço de atuação do psicólogo. In, Psicólogo Brasileiro - construção de novos espaços. Brasília: Conselho Federal de Psicologia, Ed. Átomo, 1992.

BORGES-ANDRADE, J. E. A avaliação da profissão, segundo os psicólogos da área organizacional. In: Psicologia: Ciência e profissão, 1990, n1, 19-23.

CAETANO, D. A globalização e o fator Humano. Disponível em http:// www.webschool.com.br (2000).

CARVALHO, A. A. A escolha da profissão: alguns valores, implícitos nos motivos apontados pelos psicólogos. In, Quem é o Psicólogo Brasileiro. Brasília/DF: Conselho Federal de Psicologia, 1988.

CBO - www.mtb.gov.br/sppe/cbo . Disponível em 14/04/2000.

CHIAVENATO, Idalberto. Recursos Humanos. São Paulo: 7ª ed, Atlas, 2002.

Conselho Federal de Psicologia. Proposta de diretrizes Curriculares em Psicologia. Dezembro/1999.

CONSELHO REGIONAL DE PSICOLOGIA – 6ª REGIÃO. Manual do CRP – 06. São Paulo:CRP/06, 1996.

DAHLBERG, A. W. Construindo uma empresa saudável - por muito tempo. In, DRUCKER, P. A organização do futuro – como preparar hoje as empresas de amanhã. São Paulo: Futura, 1997.

DURAN, Á. P. Alguns dilemas na formação do psicólogo: buscando sugestões para superá-los. Em Psicólogo Brasileiro: práticas emergentes e desafios para a formação geral. Rosemay Achcar. São Paulo: Casa do Psicólogo, 1994.

ESCOFIER, B. & PAGÈS, J. Analyses factorielles simples et multiples. Objectifs, méthodes et interpretation. Dunod, Paris: 1988, 241p.

GOULART, I. B. A Psicologia aplicada ao trabalho: tentativa de delimitação de seu campo na atualidade. In, Psicologia do Trabalho e gestão de Recursos Humanos: estudos contemporâneos. Íris Goulart, Jader R. Sampaio (orgs.) São Paulo: Casa do Psicólogo, 1998.

HARMANN, H.H. Modern factor analysis. 3.ed. Chicago, The University of Chicago, 1976, 487p.

HOLANDA, A. Os Conselhos de Psicologia, a formação e o exercício profissional. Psicologia: Ciência e Profissão. CFP, 1997, nº 01.

MALVEZZI, Sigmar. Produtividade versus saúde mental do trabalhador? In, Psicologia: Ciência e Profissão - Psicologia e Trabalho. CRP, 1990, nº 1/90.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Secretaria de Educação Superior. Comissão de especialistas em ensino de Psicologia. Minuta de resolução regulamentando as diretrizes curriculares para o curso de graduação em Psicologia. Maio/1999.

MOURA, E. P. G. A psicologia que temos (e os psicólogos) que temos e a psicologia que queremos: reflexões a partir das propostas de diretrizes curriculares (MEC/SESU) para os cursos de graduação em psicologia. Psicologia Ciência e Profissão, 1999 19 (2), 10-19

PESSOTI, I. .Notas para uma histórica da Psicologia brasileira. In, Quem é o Psicólogo brasileiro? . São Paulo: CRP/EDICON, 1988.

PFROMM NETO, ______. Psicologia: introdução e guia de estudo. 2.ed. ref. e ampl. São Paulo: EPU, 1990.

SAMPAIO, J. R. Psicologia do trabalho em três faces. In Psicologia do Trabalho e gestão de Recursos Humanos: estudos contemporâneos. Íris Goulart, Jader R. Sampaio (orgs.) São Paulo: Casa do Psicólogo, 1998.

SAS. Statistical Analysis Systems, version 6.02. North Caroline: SAS Institute Inc,. Disquete 3 1/2”, 1986.

SNEDECOR, G.W.; COCHRAN, W.G. (1980) Statistical Methods. 7.ed. The Iowa State University Pres, Iowa, 1980, 507p.

(SPECTOR, P. E. Introdução. In Psicologia nas Organizações. São Paulo: Saraiva, 2002, Capítulo 1, p. 3-26.) (




Compartilhe com seus amigos:
1   ...   8   9   10   11   12   13   14   15   16


©psicod.org 2017
enviar mensagem

    Página principal