A população brasileira: diversidade nacional e regional



Baixar 6.37 Kb.
Encontro14.05.2020
Tamanho6.37 Kb.

A população brasileira: diversidade nacional e regional

Formação da sociedade Brasileira - matrizes.

  • Europeu;
  • Indígena;
  • Africano.

Diversidade nacional e regional.

  • A diversidade da população brasileira se apresenta em diversas facetas:
  • Língua, sotaque e palavras de origens diversas;
  • Cultura local;
  • Histórico;
  • Geográfico;
  • Socioeconômico;
  • Religião;
  • a música;
  • os hábitos alimentares;
  • as características físicas das pessoas, como a cor da pele, dos cabelos, estatura etc.

Heranças culturais:

  • Dos portugueses herdamos nossa língua oficial;
  • Os indígenas influenciaram hábitos da população não-indígena, tais como banhar-se todos os dias e até várias vezes ao dia, usar redes e consumir mandioca;
  • Aproximadamente 4 milhões de africanos foram trazidos para trabalhar como escravos no Brasil, entre os séculos XVI e XIX. Eles influenciaram muitos aspectos da cultura nacional, tais como a música, a religiosidade, a dança e a culinária.

A diversidade nacional e regional

  • A diversidade presente na população brasileira vai além das diferenças que nos separa e nos une ao mesmo tempo.
  • A diversidade também deve ser pensada como problema , devido a intensa discrepância social, política, educacional, por exemplo, que existe em toda essa “ninguendade” brasileira ( RIBEIRO, Darcy. O povo brasileiro).
  • Ter maior consciência da diversidade social brasileira é imprescindível para conhecer nosso país. Observe como é grande a diversidade social no Brasil, não apenas entre as regiões, como em um mesmo município.
  • Como conhecemos o Brasil regionalmente?

Como você define cada região?

Analise da letra da música: Paratodos – chico Buarque de hollanda

  • O meu pai era paulista Meu avô, pernambucano O meu bisavô, mineiro Meu tataravô, baiano Meu maestro soberano Foi Antonio Brasileiro Foi Antonio Brasileiro Quem soprou esta toada Que cobri de redondilhas Pra seguir minha jornada E com a vista enevoada Ver o inferno e maravilhas
  • Nessas tortuosas trilhas A viola me redime Creia, ilustre cavalheiro Contra fel, moléstia, crime Use Dorival Caymmi Vá de Jackson do Pandeiro Vi cidades, vi dinheiro Bandoleiros, vi hospícios Moças feito passarinho Avoando de edifícios Fume Ari, cheire Vinícius Beba Nelson Cavaquinho
  • Para um coração mesquinho Contra a solidão agreste Luiz Gonzaga é tiro certo Pixinguinha é inconteste Tome Noel, Cartola, Orestes Caetano e João Gilberto Viva Erasmo, Ben, Roberto Gil e Hermeto, palmas para Todos os instrumentistas Salve Edu, Bituca, Nara Gal, Bethania, Rita, Clara Evoé, jovens à vista
  • O meu pai era paulista Meu avô, pernambucano O meu bisavô, mineiro Meu tataravô, baiano Vou na estrada há muitos anos Sou um artista brasileiro

Música: Sob o mesmo céu (Lenine) Interpretação: Lenine e Lula Quieroga

  • Brasil, Com quantos Brasis se faz um Brasil? Com quantos Brasis se faz um país chamado Brasil? Sob o mesmo céu Cada cidade é uma aldeia, uma pessoa, Um sonho, uma nação. Sob o mesmo céu, Meu coração não tem fronteiras, Nem relógio, nem bandeira, Só o ritmo de uma canção maior. A gente vem do tambor do Índio, A gente vem de Portugal, Vem do batuque negro A gente vem do interior e da capital,
  • A gente vem do fundo da floresta, Da selva urbana dos arranha-céus, A gente vem do pampa, do cerrado, Vem da megalópole, vem do Pantanal, A gente vem de trem, vem de galope, De navio, de avião, motocicleta, A gente vem a nado A gente vem do samba, do forró, A gente vem do futuro conhecer nosso passado. Brasil, Com quantos Brasis se faz um Brasil? Com quantos Brasis se faz um País chamado Brasil?

A gente vem do rap e da favela, A gente vem do centro e da periferia, A gente vem da maré, da palafita, Vem dos Orixás da Bahia, A gente traz um desejo de alegria e de paz, E digo mais: A gente tem a honra de estar ao seu lado A gente vem do futuro conhecer nosso passado. Brasil, Com quantos Brasis se faz um Brasil? Com quantos Brasis se faz um país chamado Brasil. (bis) A gente vem do futuro, conhecer nosso passado.

  • A gente vem do rap e da favela, A gente vem do centro e da periferia, A gente vem da maré, da palafita, Vem dos Orixás da Bahia, A gente traz um desejo de alegria e de paz, E digo mais: A gente tem a honra de estar ao seu lado A gente vem do futuro conhecer nosso passado. Brasil, Com quantos Brasis se faz um Brasil? Com quantos Brasis se faz um país chamado Brasil. (bis) A gente vem do futuro, conhecer nosso passado.

Baixar 6.37 Kb.

Compartilhe com seus amigos:




©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
ensino fundamental
Processo seletivo
ensino médio
Conselho nacional
minas gerais
terapia intensiva
oficial prefeitura
Curriculum vitae
Boletim oficial
seletivo simplificado
Concurso público
Universidade estadual
educaçÃo infantil
saúde mental
direitos humanos
Centro universitário
Poder judiciário
educaçÃo física
saúde conselho
santa maria
assistência social
Excelentíssimo senhor
Atividade estruturada
Conselho regional
ensino aprendizagem
ciências humanas
secretaria municipal
outras providências
políticas públicas
catarina prefeitura
recursos humanos
Conselho municipal
Dispõe sobre
ResoluçÃo consepe
Colégio estadual
psicologia programa
consentimento livre
ministério público
público federal
extensão universitária
língua portuguesa