A. M. E. Prof.(a): Maíse Rodrigues Data: / /2017 Aluno(a): nº Atividade de Língua Portuguesa 2º ano 1



Baixar 391,07 Kb.
Página11/12
Encontro11.10.2018
Tamanho391,07 Kb.
1   ...   4   5   6   7   8   9   10   11   12
I e II, abaixo.
I
Citar pessoas que sejam autoridades reconhecidas em determinada matéria é um recurso excelente para dar ainda mais credibilidade ao orador. Fácil deduzir.

Se você faz palestra sobre gestão e cita, por exemplo, uma frase de Peter Drucker, que corresponde à sua forma de pensar, terá grande chance de fortalecer ainda mais a credibilidade da sua mensagem.

Por isso, as citações precisam ser de pessoas que tenham inquestionável autoridade sobre o tema apresentado. Se a autoridade de quem foi citado é contestada por uma parte do público, haverá risco de quem o citou também ser contaminado por essa resistência.

No exemplo acima, alguém poderia até não concordar com Peter Drucker, mas dificilmente contestaria a autoridade dele.


Obs.: Peter Ferdinand Drucker (1909-2005), escritor, professor e consultor administrativo de origem austríaca; é considerado o pai da administração moderna, tida por ele como a ciência que trata sobre pessoas nas organizações.
(POLITO, Reinaldo. Citar pessoas num discurso..., economia.uol.com.br. 21/04/2016)

II

O argumento de prestígio mais nitidamente caracterizado é o argumento de autoridade, 1o qual utiliza atos ou juízos de uma pessoa ou de um grupo de pessoas como meio de prova a favor de uma tese.

Para nós [...], o argumento de autoridade é de extrema importância e, embora sempre seja permitido, numa argumentação particular, contestar-lhe o valor, não se pode, 2sem mais, descartá-lo como irrelevante, salvo em casos especiais [...].

O espaço do argumento de autoridade na argumentação é considerável.


(PERELMAN, Chaïm e OLBRECHTS-TYTECA, Lucie. Tratado da argumentação: a nova retórica. Trad. Maria Ermantina de Almeida Prado Galvão. 2.ed. São Paulo: Martins Fontes, 2005, p. 348)
20


Compartilhe com seus amigos:
1   ...   4   5   6   7   8   9   10   11   12


©psicod.org 2017
enviar mensagem

    Página principal