A luta pela terra no estado de são paulo: uma comparaçÃo entre os dados da ouvidoria agrária nacional, comissão pastoral da terra e dataluta- versão jornal



Baixar 3,33 Mb.
Página1/8
Encontro03.03.2019
Tamanho3,33 Mb.
  1   2   3   4   5   6   7   8

A LUTA PELA TERRA NO ESTADO DE SÃO PAULO: UMA COMPARAÇÃO ENTRE OS DADOS DA OUVIDORIA AGRÁRIA NACIONAL, COMISSÃO PASTORAL DA TERRA E DATALUTA- VERSÃO JORNAL1
Alessandra Silva de Souza2

Bernardo Mançano Fernandes3


Introdução
Neste trabalho apresentamos resultados inéditos sobre ocupações de terra. Esses resultados foram organizados a partir de um conjunto de análises de diferentes períodos e escalas. Nossos estudos são realizados no DATALUTA – BANCO DE DADOS DA LUTA PELA TERRA, projeto do Núcleo de Estudos, Projetos e Pesquisas de Reforma Agrária - NERA, sediado no Departamento de Geografia da Faculdade de Ciências e Tecnologia – FCT da Universidade Estadual Paulista - UNESP, campus de Presidente Prudente.

No DATALUTA sistematizamos dados das ocupações desde 1990. Em 1999, começamos a elaborar o relatório DATALUTA com dados de ocupações da Comissão Pastoral da Terra – CPT e de nossos próprios registros. Nos últimos anos temos trabalhado para reunir fontes de registros de ocupações de terras. Conseguimos reunir os dados da CPT e da Ouvidoria Agrária Nacional – OAN em escala nacional. Conseguimos reunir dados do NERA e do Laboratório de Geografia Agrária – LAGEA do Departamento de Geografia da Universidade Federal de Uberlândia.

O estudo comparativo das ocupações de terra foi executado a partir dessas fontes. Por meio deste estudo estamos demonstrando que a CPT e a OAN registram parcialmente as ocupações de terras e que o NERA e o LAGEA contribuem com o registro de ocupações em escala estadual. Compreendemos que este esforço na sistematização e comparação dos dados é recompensado, quando compreendemos que os trabalhos da CPT, OAN, NERA, LAGEA constituem em realidades parciais da luta pela terra no Brasil.

Neste trabalho apresentamos os dados do Estado de São Paulo, com destaque para o Pontal do Paranapanema. Os dados da CPT são de 1988 - 2005, da OAN de 1995 – 2005 e do DATALUTA NERA 1990 - 2005. Com isso, temos um novo quadro nas ocupações de terras em São Paulo com um número maior do que foi divulgado até então.





Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3   4   5   6   7   8


©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
santa catarina
Prefeitura municipal
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
Processo seletivo
ensino fundamental
Conselho nacional
terapia intensiva
ensino médio
oficial prefeitura
Curriculum vitae
minas gerais
Boletim oficial
educaçÃo infantil
Concurso público
seletivo simplificado
saúde mental
Universidade estadual
direitos humanos
Centro universitário
Poder judiciário
saúde conselho
educaçÃo física
santa maria
Excelentíssimo senhor
assistência social
Conselho regional
Atividade estruturada
ciências humanas
políticas públicas
catarina prefeitura
ensino aprendizagem
outras providências
recursos humanos
Dispõe sobre
secretaria municipal
psicologia programa
Conselho municipal
Colégio estadual
consentimento livre
Corte interamericana
Relatório técnico
público federal
Serviço público
língua portuguesa