A educaçÃo básica na relaçÃo com a diversidade cultural e a heterogeneidade linguística em cabo verde liziane Patrícia Silva Monteiro Dissertação de Mestrado em Ciências da Educação Setembro 2013



Baixar 0.76 Mb.
Página14/41
Encontro22.05.2020
Tamanho0.76 Mb.
1   ...   10   11   12   13   14   15   16   17   ...   41


2.3 A educação formal/ensino básico: dos fundamentos e dimensões à estrutura do estado atual/nível de desenvolvimento (alunos, professores, equipamentos e materiais didáticos)


A educação, enquanto direito humano fundamental, é um instrumento que proporciona a aquisição de conhecimentos, valores e competências permitindo ao Homem prosseguir a aprendizagem ao longo da vida de forma a valorizar-se e a ser capaz de se adaptar à evolução social e cultural, de melhor dialogar e compreender as necessidades dos outros, participar ativamente nas estratégias de desenvolvimento e reforçar a dimensão da cidadania.

Relembramos um dos objetivos e princípios gerais do sistema educativo estipulado no art.º 5°, n° 4 do Boletim Oficial - BO (2010): “a educação deve contribuir para salvaguardar a identidade cultural, como suporte da consciência e dignidade nacional e fator estimulante do desenvolvimento harmonioso da sociedade”.

Apesar de outrora, sensivelmente até à II metade do século passado, a educação ser tarefa da mulher sempre se reconheceu a imprescindibilidade do seu valor em qualquer contexto e sociedade, saindo gradualmente da esfera privada do compromisso da família para a comunidade educativa. Hoje existe uma preocupação constante com os filhos/alunos, e, sobretudo, com os modelos educativos a seguir, procurando conciliar o passado com a valorização e o respeito pelos mais novos, suas opiniões, interesses, gostos e aspirações coisa quase impensável nas gerações passadas.

Dados do Instituto Nacional de Estatística - INE, censo 2010, registou uma evolução na educação com uma taxa no referido ano de 74.8% face a 82.8% no ano seguinte, com maior percentagem nas zonas urbanas 86.3% alfabetizados comparativamente aos 76.9% nas regiões rurais. Os concelhos que registam maior taxa de alfabetização são Sal (91.6%), Boa Vista (90.3%), Praia (89%) e São Vicente (86.1%). Apesar do aumento da taxa de alfabetização feminina ser de 78.5%, a masculina é ainda superior - 87%.

Quanto à faixa etária há uma maior concentração da população alfabetizada com 96,9% entre os 15 e os 24 anos. Segue-se a faixa dos 25 aos 44 anos com 91.7%, e dos 45 aos 64 anos, com 66,6%, o que implica a maior densidade populacional 19 8425 - 49.5% frequentar o ensino básico. A seguir, o ensino secundário - via geral com 13 7514 - 34.3%, e o pré-escolar com 21 179 - 5.3% e no ensino universitário/licenciatura 18 486 - 4.6%.

De acordo com o organograma do sistema educativo cabo-verdiano (ver pág. 12 do anexo) a educação escolar subdivide-se no Ensino Básico - EB, Secundário, Médio, Superior e modalidades especiais de ensino. Embora se tenha conseguido algumas melhorias, a eficácia do ensino ainda é limitada.





Baixar 0.76 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   10   11   12   13   14   15   16   17   ...   41




©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
ensino fundamental
Processo seletivo
ensino médio
Conselho nacional
minas gerais
terapia intensiva
oficial prefeitura
Curriculum vitae
Boletim oficial
seletivo simplificado
Concurso público
Universidade estadual
educaçÃo infantil
saúde mental
direitos humanos
Centro universitário
Poder judiciário
educaçÃo física
saúde conselho
santa maria
assistência social
Excelentíssimo senhor
Atividade estruturada
Conselho regional
ensino aprendizagem
ciências humanas
secretaria municipal
outras providências
políticas públicas
catarina prefeitura
recursos humanos
Conselho municipal
Dispõe sobre
ResoluçÃo consepe
Colégio estadual
psicologia programa
consentimento livre
ministério público
público federal
extensão universitária
língua portuguesa