A caminhada da pastoral familiar no brasil, seu desenvolvimento e suas conquistas



Baixar 138.5 Kb.
Página1/42
Encontro30.06.2018
Tamanho138.5 Kb.
  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   42

PASTORAL FAMILIAR

A CAMINHADA DA PASTORAL FAMILIAR NO BRASIL,

SEU DESENVOLVIMENTO E SUAS CONQUISTAS

  1. anos da “Familiaris Consortio”.



  1. O DESENVOLVIMENTO E AS CONQUISTAS DA PASTORAL FAMILIAR NO BRASIL

A partir da Familiaris Consortio 22.11.1981) os Bispos do mundo inteiro se mobilizaram em fazer da Pastoral Familiar uma das prioridades pastorais nas Dioceses e Paróquias. Na América Latina, as Conferencias Episcopais do CELAM1 sempre abordaram em seus documentos temas relacionados à importância e à missão da família no mundo e na Igreja e seus cuidados pastorais.

Na IV Conferência do Episcopado Latino Americano, em Santo Domingo, República Dominicana, (12 a 28.10.1992), tiveram eco profundo as preocupações do Papa João Paulo II, manifestada na Familiaris Consortio, escolhendo com um dos temas principais para o continente a “Família como Santuário da Vida”.

Grandes colaborações à PF têm vindo, também, através dos Encontros Mundiais do Papa com a Família. Está em preparação o VII Encontro, previsto para 2012, em Milão, na Itália, cujo tema é: “A Família: o trabalho e a festa”.

Em Roma, foi criado o Pontifício Instituto para a Família (13.05.1981) para a formação teológica de agentes especializados em favor da Família, tendo a Família como foco e centro de interesse, com a finalidade de estudar as soluções teológicas, pastorais e científicas, aos problemas atuais referentes à família.

No Brasil, em Salvador, foi fundada a 15.12.1998, uma filial do Pontifício Instituto para a Família, a pedido do Cardeal Dom Lucas Moreira Neves. No mundo existem filiais em nove países: Itália, Brasil, Benin, Índia, Áustria, Austrália, Espanha, Estados Unidos e México.

As Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora no Brasil, contemplam a família como “patrimônio da humanidade, lugar e escola de comunhão, primeiro local para a iniciação à vida cristã das crianças, no seio da qual, os pais são os primeiros catequistas”. “A Pastoral Familiar poderá contribuir para que a família seja, de fato, lugar de realização humana, de santificação na experiência de paternidade, maternidade e filiação e de educação contínua e permanente da fé”2.

A Pastoral Familiar propriamente dita começou a ser sistematizada a partir 1989. Em 1992 foi criado em Curitiba o IPF – Instituto da Pastoral Familiar, hoje INAPAF – Instituto Nacional da Família e da Pastoral Familiar, sediado em Brasília.



  1. Baixar 138.5 Kb.

    Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   42




©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
ensino fundamental
ensino médio
Processo seletivo
minas gerais
Conselho nacional
terapia intensiva
Curriculum vitae
oficial prefeitura
Boletim oficial
seletivo simplificado
Concurso público
Universidade estadual
educaçÃo infantil
saúde mental
direitos humanos
Centro universitário
Poder judiciário
educaçÃo física
saúde conselho
assistência social
santa maria
Excelentíssimo senhor
Conselho regional
Atividade estruturada
ciências humanas
políticas públicas
outras providências
catarina prefeitura
ensino aprendizagem
secretaria municipal
Dispõe sobre
Conselho municipal
recursos humanos
Colégio estadual
consentimento livre
ResoluçÃo consepe
psicologia programa
ministério público
língua portuguesa
público federal
Corte interamericana