13ª Mostra da Produção Universitária



Baixar 48,9 Kb.
Encontro11.06.2018
Tamanho48,9 Kb.

13ª Mostra da Produção Universitária

.

Rio Grande/RS, Brasil, 14 a 17 de outubro de 2014.


Conversando sobre Infância e Família: um estudo acerca das publicações do NUPEBI/FURG no Jornal Agora de Rio Grande

PORTO, Vivian Halfen; ONGARATTO, Brenda Rodrigues; MORCIANI, Maiara Vilas Boas; MACHADO, Mariana Guariento; JOHN, Sarah; VOTTO, Thays Rodrigues. (autores)

DELIAS DE SOUSA, Daniela (orientador)

vivianhporto@hotmail.com
Evento: Seminário de Extensão

Área do conhecimento: Saúde
Palavras-chave: desenvolvimento infantil; relações familiares; mídia impressa.
1 INTRODUÇÃO

A Psicologia do Desenvolvimento Humano ressalta a importância das interações iniciais da criança para o desenvolvimento da personalidade, levantando uma série de indagações acerca de fatores biopsicossociais envolvidos. Contudo, as reflexões muitas vezes limitam-se ao âmbito acadêmico. O Núcleo de Pesquisa e Extensão sobre o Bebê e a Infância – NUPEBI – desenvolveu o projeto de extensão “Conversando sobre Infância e Família” com o objetivo de levar tais reflexões à comunidade, através da publicação de crônicas semanais impressas em jornal. O objetivo do presente estudo foi o de examinar a produção do projeto ao longo do período 2007-2014, no sentido de avaliar os temas abordados nas crônicas, bem como apontar para lacunas e desdobramentos que visem ampliar o alcance da atividade de extensão.


2 REFERENCIAL TEÓRICO

Nas últimas décadas, o período compreendido entre a gestação e os anos da infância tem sido amplamente discutido nos meios acadêmicos, destacando a importância dos primeiros anos de vida no desenvolvimento humano (Bee, 1986; Papalia & Olds, 2000). Além disso, a literatura aponta para a importância da família como contexto primordial para o desenvolvimento, destacando sua influência no comportamento das crianças (Dessen & Polonia, 2007). A divulgação dos conhecimentos da Psicologia do Desenvolvimento junto à mídia impressa tem como objetivo auxiliar pais e cuidadores, podendo ser uma importante alternativa frente à dificuldade de se prestar atendimento psicológico para todas as demandas que surgem.


3 MATERIAIS E MÉTODOS (ou PROCEDIMENTO METODOLÓGICO)

Para o levantamento das publicações, organizou-se, inicialmente, uma listagem contendo o título, a data e a autoria de todas as crônicas publicadas pela equipe no Caderno Agorinha do Jornal Agora entre o período de julho de 2007 a junho de 2014. Após o levantamento inicial, as crônicas foram distribuídas entre 6 avaliadores para a realização de leitura, definição do tema abordado e breve descrição dos aspectos abordados em cada crônica. Após a leitura e descrição inicial, as publicações foram agrupadas por proximidade de assunto, gerando-se categorias temáticas.




  1. RESULTADOS e DISCUSSÃO

A análise dos resultados revelou a publicação de 285 crônicas, escritas por 37 cronistas. O estudo dos assuntos abordados permitiu classificá-los em 10 (dez) categorias temáticas, a saber: 1) Desenvolvimento Emocional e Neuropsicomotor; 2) Brincar e Criatividade; 3) Primeiras relações; 4) Sexualidade Infantil; 5) Relações com a escola; 6) Saúde na infância; 7) Relações familiares; 8) Influência das Mídias e Tecnologias; 9) Cultura na infância; 10) Situações de risco e vulnerabilidade. O número de crônicas para cada categoria é mostrado no gráfico abaixo:

Os resultados apontam para o predomínio de publicações que enfatizaram as relações familiares, o desenvolvimento emocional e neuropsicomotor e saúde na infância. Temas igualmente pertinentes e atuais, como a questão das situações de risco e vulnerabilidade e a influência das mídias e tecnologias no desenvolvimento infantil, foram menos explorados, o que permite pensar em uma importante lacuna a ser preenchida em publicações futuras.


5 CONSIDERAÇÕES FINAIS

O estudo realizado permitiu a sistematização das publicações do NUPEBI – FURG em mídia impressa durante o período de sete anos. Entende-se que essa sistematização permitirá que se dê maior atenção, em publicações futuras, a temas pertinentes que foram pouco explorados. Mais do que isso, espera-se que esta avaliação sirva como instrumento no sentido de elencar novas atividades de extensão, visando o alcance de outros públicos além dos leitores do Jornal Agora, como, por exemplo, a proposição do uso das crônicas para reflexão em grupos comunitários, escolas e instituições de atenção à saúde da criança e da família.



REFERÊNCIAS
BEE, Helen. A criança em desenvolvimento. Porto Alegre: Artes Médicas, 1996.

DESSEN, Maria Auxiliadora and POLONIA, Ana da Costa. A família e a escola como contextos de desenvolvimento humano. Paidéia (Ribeirão Preto) [online]. 2007, vol.17, n.36 [cited 2010-05-19],pp.21-32.Availablefrom: . ISSN 0103-863X. doi: 10.1590/S0103 863X2007000100003.



PAPALIA, Diane; OLDS, Sally. Desenvolvimento humano. 7. ed. Porto Alegre: Artes Médicas, 2000.





Compartilhe com seus amigos:


©psicod.org 2017
enviar mensagem

    Página principal