1; Raíza Ribeiro de Souza



Baixar 31,51 Kb.
Página5/6
Encontro11.10.2018
Tamanho31,51 Kb.
1   2   3   4   5   6
CONCLUSÕES

Diante do exposto, compreendemos que o adoecimento traz implicações em níveis físico, emocional, afetivo, profissional, financeiro para o sujeito enfermo e para os seus familiares, podendo causar situações de estresse, tensão e conflito. O sujeito enfermo, na condição de paciente, tem seu papel social alterado, bem como sua dinâmica familiar. Assim, as consequências da doença se estendem à estrutura familiar, impondo a necessidade de reorganização para atender às necessidades cotidianas e os cuidados com pacientes e/ou familiares.

É papel da equipe multiprofissional perceber o paciente como indivíduo que necessita de cuidados globais, que devem ser ampliados para familiares e/ou cuidadores a fim de se obter engajamento, estimular a autonomia e propiciar maior segurança e efetividade ao tratamento. A inserção da família, durante a hospitalização e transição para alta é fundamental para os cuidados necessários ao paciente. Portanto, o hospital também precisa representar um espaço de acolhimento, apoio e aprendizado.

Os pacientes e familiares devem ser sujeitos ativos e corresponsáveis pelo tratamento. Na perspectiva do acolhimento em grupo, podem ter mitigadas suas dificuldades emocionais, sociais, econômicas e culturais que impõem limites para o enfrentamento à situação de adoecimento. Para equipe, o grupo também possibilita a construção de trabalho coletivo, interdisciplinar, apontando questões que venham a produzir conhecimento sobre as demandas apresentadas pelos usuários e famílias, em seu caráter singular e coletivo.




: eventos -> seminariosaudecoletiva -> anais -> trabalhos completos
trabalhos completos -> Psicologia no caps: as atividades vivenciadas em estágio relato de experiência
trabalhos completos -> A importância da atuaçÃo da fisioterapia dentro do núcleo de apoio à saúde da família. Ana Karine C. B. de Paula Gomes¹
trabalhos completos -> Aquele vírus” e o “CÃO”: entrecruzando saberes, práticas e demandas, das pessoas que vivem com hiv/aids e usam crack, para as redes de atençÃO À saúDE
trabalhos completos -> Adesão da terapêutica na obesidade em uma unidade primária de atençÃO À saúDE, fortaleza – ceará
trabalhos completos -> Eixo Temático 3 Formação para o trabalho em redes: desafio e perspectivas
trabalhos completos -> Tecnologias leves no contexto do acolhimento de usuários do sus: experiência das equipes de apoio à estratégia saúde da família
trabalhos completos -> E secundária
trabalhos completos -> O programa de alergia à proteína do leite de vaca configurando uma rede de atençÃO À saúde em fortaleza, ceará
trabalhos completos -> FacilitaçÃo de grupos de promoçÃo da saúde na estratégia saúde da família: refletir e construir o cuidar


Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6


©psicod.org 2017
enviar mensagem

    Página principal